segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Nosso Lar - o filme


Pausa nas postagens mega atrasadas sobre a festa e tudo mais! Sexta feira fui ver o filme Nosso Lar, baseado na psicografia do Chico Xavier. Filme mais que recomendado. A compania era boa, e eu não podia borrar a maquiagem, mas eu queria mesmo era ter me acabado de chorar! (vaidade é pecado, eu sei!)
O André Luis tem uma verdadeira mudança quando chega ao Nosso Lar. Mas, acredito eu que podemos ter essa mudança aqui e agora. Muitas cenas do filme me tocaram, não posso narra-las aqui por respeito a quem não viu o filme.
O espiritismo entrou na minha vida sem pedir licença. Sou uma espírita amadora, porque não sou muito estudante das suas doutrinas. Leio bastante em busca de ser um ser humano melhor todos os dias, acredito em Deus, faço uma salada e sigo acreditando e adorando do meu jeito. Acho que o coração em Deus e na espiritualidade é o que realmente importam!
Fim de semana relaxante, afinal hoje tinha a prova do MPU. Cineminha na sexta, churrasco e amiga visitando no sábado com direito a um passeio pelo shopping! Amigos novos são sempre bons. Sempre fui meio sem amigos, principalmente quando criança, eu tinha vergonha de existir! Eu não tinha muitos amigos, não sabia me portar, e tinha vergonha de não ter amigos. Depois cresci e achei o meu lugar.
Quando me separei estava novamente sozinha, sem amigos. Éramos somente eu, Duda e minha família. Hoje, reconstrui meu ciclo de amizades, seja através do blog, conhecendo pessoas novas, e deixando elas entrarem na minha vida ou me aproximando de velhos amigos. Mas, sei que só fico sozinha e abandonada hoje quando eu quero.
Isso tudo pra falar que 2 pessoas entraram na minha vida, muito por acaso, daí o gancho pro espiritismo. Mas, não é impressionante, quando vc acaba de conhecer uma pessoa, e parece que vcs já se conhecem há anos? Muita sincronia, digamos assim! Vivi e a Su entraram, e espero que pra ficar, na minha vida. Seja pra baladas, passeios ou pra não fazer nada, são pessoas que me fazem muito bem, muito feliz! Sempre achei que ninguém teria vontade de ser minha amiga ou frequentar a minha casa por que eu tenho filha, e com isso, não dá pra dar 100% de atenção pra visita.
Mas, ao ver o carinho da Su, se preocupando em agradar a Duda, seja com presente, ou com balas, e a Vivi sentada no chão brincando de Barbie com a minha princesa, mudei meu pensamento. A duda é uma extensão de mim, quem gosta de mim, gosta dela junto! E fico feliz com isso!
Foto das "Mosqueteiras Patricinhas" como a Sussu nos chama!

beijinhos, boa semana

2 comentários:

Chica disse...

Quero assistir esse filme, estou curiosa.Sei que é demais!Linda foto!beijos,chica

aninha moura disse...

amiga adorei nossa fotinho e to doida pra ver esse filme... bjs aninha