segunda-feira, 31 de maio de 2010

Equilíbrio


Uiii! Nem acredito que estou conseguindo postar!! Essa postagem era pra ter saido sábado, mas o final de semana foi super intenso e não consegui parar. Ontem de noite quando consegui, estava tão podre, que nao me aguentava em pé!!!
Eu passei quase um ano trancada dentro de casa, nada me animava a sair, agora não paro mais. E esse é o gancho do post de hoje. Equilíbrio. Nem 8 nem 80. Qual a medida, qual a dose certa?
Parei pra observar este fato no dia que tomei aquele banho de limpeza, que contei pra vocês. Durante as minhas reflexões me veio esse estalo. Cheguei a conclusão que sou completamente desequilibrada. Desequilibrada é uma palvra feia, né?! Por que passa na nossa cabeça aquelas pessoas histéricas, doidas... Mas eu não sou assim não. Até grito um pouquinho (tá bem, eu grito um monte!!!). Mas, quando eu falo em ser desequilibrada, é ser sem medidas, extremista.
Comecei a lembrar de um monte de coisas. Eu reparei que fico obsecada numa coisa e esqueço do resto, ai enjôo, fissuro em outra, e vou assim... E nunca termino quase nada que começo. Quando me separei só cuidava da Dudinha, não fazia mais nada da vida, lia sobre educação infantil; ai comecei a estudar pra concursos, estudava até 18 horas por dia; depois comecei os artesanatos, passava o dia todo pintando; viciei na internet, e passo o dia todo em frente ao pc.No meio disso resolvi que preciso ser uma pessoa melhor, então fico focada em pensar só coisas boas, e ter sentimentos bons, em ter uma vida certinha, ai além de me achar uma chata, porque fazer tudo muito certinho é um saco, ainda acho meu passado todo um grande tempo perdido...
Mas sempre fui assim...Parece que eu cismo com as coisas! Quando trabalhava era só trabalho, perdi até um namorado porque só queria saber de trabalhar; Depois conheci meu ex marido e larguei o trabalho por que só queria namorar... Resolvi emagrecer, mudei a geladeira da casa radicalmente; decidi não ficar mais sozinha, e não penso em outra coisa, ouço músicas de fossa, penso onde está o meu grande amor, choro por tudo...
Qual é a medida certa pras coisas? pra vida??? Como conseguir fazer de tudo um pouco e pensar em mil coisas ao mesmo tempo? Como achar esse equilíbrio??? Como evitar esse "ceticismo" na vida? Joguei até no google dicas pra isso, mas nada chamou minha atenção... Conversei com meu pai e ele disse que estou assim por que estou com a vida vazia, sem nenhuma preocupação séria.
Enfim...Decidi mudar, mas não estou ainda encontrando uma direção!Queria ser mais centrada, ou concentrada, sei lá! Se alguém tiver uma dica, ou se alguém também for um pouco assim, me contem!!! (não quero ficar me sentindo bizonha sozinha.)
Mais tarde volto com a blogagem coletiva de hoje. Agora preciso descansar do fim de semana intenso, e essa noite a Duda chorou muito, não dormi direito. Ela se queixava de dor de cabeça, alguém já viu criança de 3 anos com dor de cabeça? Não sei se ela está com dor mesmo, ou se está copiando alguém que ela ouviu dizer isso... E ainda preciso continuar com a minha lista de afazeres, essa semana ainda surgiu mais um super urgente, mas esse só conto amanhã!!!
Muitos beijos, e boa semana, cheia de garra pra todos nós. Afinal, essa é uma semana especial, é a minha semana!!! Niver chegando, faltando 5 dias!!!

2 comentários:

Chica disse...

Em geral tudo fica complicado antes dos nossos nivers. Depois, passae as coisas parecem normalizar!beijos,linda semana,chica

Bordados e Retalhos disse...

Amiga continue procurando seu equilíbrio. mas não se preocupe todos nós somos assim meios desequilibrados. Rsrsrs. Bjs