domingo, 16 de maio de 2010

minha filha, minha vida

Oi minha gente! Estou cada dia mais feliz com esse blog! Cada comentário é uma alegria sem tamanho, este hobbie virou uma fonte de prazer inenarrável pra mim. Hoje queria falar sobre as coisas simples da vida, ou sobre a água, mas fiz uma pausa pra fazer uma pequena e breve declaração de amor pra minha filhota. Hoje estou naqueles dias mais pra baixo, e ai, ao olhar aquelas duas contas azuis que a minha Maria Eduarda tem nos olhos, parece que cura qualquer dor! Não é incrivel esse amor que só as mães são capazes de sentir? Nada contra os pais, mas é um amor diferente!

Outro dia, minha dindinha me ligou, como sempre liga. Nesse dia ela queria mesmo dizer o quanto ela estava feliz com a minha Duda. Nós tinhamos ido pra casa da Dinda na sexta, e eu tinha saido com a minha prima, a Duda nunca tinha ficado lá sozinha, eu conversei com ela, expliquei que ia sair e que ela ia ficar com a Dinda e o Dindo. Quando eu sai ela estava dormindo. Ela acordou a uma hora da manhã, me procurou, a dinda falou com ela, e ela nem chorou nem nada, ficou assistindo filme, pediu agua e ficou mocinha conversando!!!
Fiquei emocionada como a minha filha está crescendo!!! Hoje, consigo explicar tudo pra ela dentro de um conteúdo lúdico eu converso de tudo com ela. Sempre expliquei tudo pra ela desde que ela estava na barriga, mas hoje obtenho respostas, e é muito gratificante.

A Duda sentiu muito quando me separei do pai dela, ficou mal, se sentindo abandonada e com medo que eu a abandonasse também. Parei a vida pra dar todo carinho e atenção pra ela, e valeu a pena!! Hoje é visivel o quanto ela está "redondinha", a Duda transparece a felicidade dela, a verdade é que a Duda exala amor!
A Duda demonstra uma meiguice sem igual. Ela pega no rosto das pessoas pra dar um beijinho de uma forma que me arrepia o coração! Todas as roupas que eu visto ela fala: "mãe, essa sua blusa tá tão linda", outro dia ela falou isso pro dindo dela tb! Outra coisa que me chamou a atenção foi quando tatuei o nome dela. Ela ficou encantada! Mostrava a tatuagem pra todo mundo, e falou assim "Mãe, eu quero crescer só pra poder tatuar o seu nome também". Como um ser tão pequeno é capaz de compreender uma prova de amor?

Outra forma que vejo a Duda expressar seu amor é com a gata, a Querida. As duas parecem irmãs! A Duda implica com ela, briga, reclama... MAs vai eu brigar com a gata? Vai alguém falar da gata? Ela logo sai em defesa!!! Ela chega da escola logo procurando a Querida, ai abraça a felina de uma forma "felícia" e fala: "ai que saudades de você, meu amor!"

A Duda é certamente um espírito muito evoluído, ela exibe uma meiguice, ela cativa a todos, não só por que ela é linda, mas por que ela encanta, envolve as pessoas... É impossivel passar meia hora do lado dela e não começar a ama-la loucamente!
Essa baixinha folgada e abusada, sabe me fazer feliz. Não imagino mais como seria a minha vida se eu não tivesse engravidado. Em dias que eu estou chateada, triste, eu vej aquele rosto de anjo, meu coração acalma... a paz me invade!!!
"É encostar no teu peito, e se isso for algum defeito por mim, tudo bem". É assim que me sinto com ela. Quero sempre cultivar essa nossa união, essa nossa cumplicidade, amizade, esse amor sem igual. Quero ser pra sempre a mãe-amiga dela, o porto seguro dela, assim como ela, com apenas 2 aninhos é o meu!
Enfim, é só um post de mãe coruja... hoje meio sem inspiração!

2 comentários:

Bárbara Rezende disse...

Que post lindo amiga... assim como sua filhota!!!

bjks

Chica disse...

Lindo e doce e ela parece uma linda boneca!beijos às duas,chica