terça-feira, 22 de junho de 2010

Tentando entender as relações

Bem, não é segredo pra ninguém que ando meio chateada por estar sozinha... já deixei bem claro aqui, e voltei a falar nisso aqui também, além do post do dia dos namorados. Comentei aqui que estava lendo um livro, chama-se "Enquanto o amor não vem" é uma leitura bem gostosa, cheia de pequenos casos como exemplo, vale a pena pra quem se interessar.

Fico me questionando sobre a dificuldade de se ter um relacionamento sério. Óbvio que nenhum relacionamento começa sério. Mas hoje em dia as mulheres também estão mais abertas pra relacionamentos não sérios, antes tinham as mocinhas pra namorar, e as outras pra se divertir até achar uma mocinha... hj mesclou tudo, se começa um relacionamento no "oba-oba" e depois se der fica sério, se não ficar nem o cara é "fdp" nem você é "pi*****", é tudo normal.

Por que não me encaixo nesse perfil? Hoje, a minha cabeça também mudou muito em relação a certas coisas... To numa fase de fazer a coisas por mim, o que eu estiver afim. O que não siginifica que esteja pronta pro "oba-oba". Estou mais aberta, mas nem tanto. Não estou julgando ninguém... só que não serve pra mim. Tá que não se começa nenhuma relação se planejando o caamento antes mesmo de saber se vai combinar com a pessoa, mas tenho visto muitos homens que só querem mesmo a brincadeira, e nada de coisa séria.
Se você dá uma de mocinha boazinha, enche o saco, e ninguém te valoriza, se age diferente, está aceitando esse contrato louco dos dias atuais... E ai? faz-se o que? Tento agir como sou, o problema é que sempre me ferro no final, se não me ferro é porque não entrei no relacionamento, se é que se pode chamar isso de relacionamento.

E minhas dúvidas não acabam por ai... se esse novo contrato de relação é certo ou não, nem entro no mérito, não adiantaria nada, pois não vou mudar a cabeça de todas as pessoas do mundo. O que me assusta é como o sexo hoje é banalizado!Antes o ficar era só beijar na boca, no máximo carinhos mais salientes, agora não!!! Todo mundo transa com todo mundo... e depois que transa com vc, que venham as amigas, e por ai vai... não existe mais exclusividade, o lance é compartilhar. E os corações ficam gelados, e o que faz alguém se apaixonar? Nem sei mais...se é que se apaixonam!

Vejam bem, não sou puritana, quem foi que nunca teve uma aventura na vida? Mas, vamos lá, também não sou de ferro... sou de carne e osso, sim! Me tornei cada vez mais seletiva e exigente, e tento me preservar... ai, parece que sou uma aberração. Pelo menos to aprendendo... se conheço um cara, acho legal, mas vejo que os interesses estão distintos... pronto! Já to dando meia volta, sabe? É... não da pra mudar muito a natureza do ser humano não, e é melhor se preservar (que chamem de medo, se quiserem) , do que dar murro em ponta de faca, né?!A grande verdade é que eu não aprendi a não me envolver.

Na verdade isso foi um "breve" desabafo... queria falar mesmo era sobre o livro. Ainda não terminei de ler... mas comentar sobre ele todo ia dar muito trabalho, ai vou falando aos poucos... rs!
A introdução trata sobre como nos comportamos diante do amor... quantas vezes achamos que encontramos o tão sonhado amor, e não é ele... Fala desse processo de aprendizagem que passamos até encontrar alguém, a autora chama esse processo de meio-tempo.Nesse processo ela diz que vc terá experiências que podem ser ruins, mas que acontecem para ensinar-nos no caminho em busca do amor. A autora diz que precisamos nos livrar de coisas do passado, como numa grande faxina... o que ela admite dar um trabalhão e ser uma tarefa difícil, por que nós nos apegamos mesmo a coisas antigas.
Perguntas como "o que eu tenho de errado?""Por que ele não me ama?" são frequentes nesse meio-tempo. E com o passar do tempo, descobrimos respostas, acreditamos nelas...e ai descobrimos que estão rradas, e começa tudo de novo...E isso é um processo cansativo e doloroso de aprendizagem.Mas a autora diz que aprendeu a agradecer aos amores que teve pelas lições que aprendeu...
boa essa!!!Ela diz que a situação que vivemos, as confusões mentais atraem e refletem relacionamentos iguais, o que não deixa de ser obvio, alem de uma grande verdade!Temos, segundo ela, que trabalhar muito duro pra nos conscientizar de quem somos e nos aceitar... estou nesse processo, acho eu. E por fim ela define nós mesmos e o aprendizado para o amor como uma casa, com porão, primeiro, segundo e terceiro andar. E como devemos nos comportar arrumando essa casa...
Na próxima postagem venho com o porão pra vocês, senão o post fica longo e os comentários não rendem! Volto em breve!

15 comentários:

Myriam disse...

Paulinhaaaaaaaaaaaa!! (rsrs) Olha que teu post é muito legal viu? Sou casada há 22 anos, tenho 2 filhos lindos, o mais velho faz facul já! Mas me interesso em observar as relações humanas e percebo que é isso mesmo que vc falou: banalização..Não existe mais o gostar, conhecer o outro, compartilhar o conhecimento, mas sim o sexo!(rsrs) As conversas que faço questão de escutar no metrô qdo vou trabalhar (rsrs) se baseiam nisso? "meu, fui lá catei a mina, depois catei outra.." ou assim: "aquele cara era muito gsto, mas depois apareceu o amigo dela mais gato ainda..não pensei duas vezes.."
Escuto essas conversas ininteligiveis e às vezes dá medo de olhar a cara de quem fala..rsrs
Paulinha, deixa eu te falar, você só tem a ganhar sendo autentica, sendo essa mulher rara que é; Não pense que se ferra, é ao contrário! Beijocas no coração;;hj to em casa de molho..fiquei dodói da barriga..rsrsrs
Tchau

Sonia Beth disse...

Oi Paulinha,

É preciso arrumar a casa... se não fica dificil mudar de padrão.

Esta noite sonhei que estava arrumando a casa, veja só : neste sonho havia também, insetos, borboletas, o meu cachorrinho falando comigo e rosas vermelhas. Baita de uma confusão, não? Mas eu chego lá, viu?

Um excelente dia pra voce.
beijins

Mimirabolante disse...

Estou casada há 30 anos e as pessoas se admiram qd comentamos que ainda nos amamos!!!Realmente existe uma banalização generalizada!!Aliás.....inversão de valores !!!Estou com o Paulo 30 + 3 de namoro = 35 anos....é mt tempo !!!bjcas e quem sabe na Festa das vovós apareça üm caipira encantado"p/ vc !!!!

Mimirabolante disse...

é isso msm 30+5 + 35......no comente eu coloquei 3.......srsrsrsrs

Juliana Nascimento disse...

Ah Paulinha, bem vinda ao nosso terrível mundo!rsrs. Tem quase oito meses que terminei o último namoro e não consigo engatar mais nada. Até fico e dos uns beijinhos, mas quando vejo que o cara só tá afim de sexo, pulo fora antes.É como vc disse, tbm não quero bancar a virgem a essa altura do campeonato, mas já passei da fase de fazer por fazer e no outro dia tchau.E quando eu falo isso, ainda sou chamada de fresca!Nem minhas amigas concordam comigo, a maioria acha isso tudo normal. Sabe as vezes eu até prefiro não conhecer ninguém, pq to sem paciência de ficar fingindo que não ligo se vai dar ou não em alguma coisa. Tenho pressa, to anciosa e para completar não consigo esquecer o falecido!rsrs.
Já apelei até para sites de relacionamentos e nada, todos os caras lá, só querem "pegar" mulher também!
Amiga, não sei não, esse 2010 tá muito estranho pra mim!rsrs.
Mas vamos ter fé que vai melhorar né?!
Bjão.

Juliana Nascimento disse...

Ah Paulinha, bem vinda ao nosso terrível mundo!rsrs. Tem quase oito meses que terminei o último namoro e não consigo engatar mais nada. Até fico e dos uns beijinhos, mas quando vejo que o cara só tá afim de sexo, pulo fora antes.É como vc disse, tbm não quero bancar a virgem a essa altura do campeonato, mas já passei da fase de fazer por fazer e no outro dia tchau.E quando eu falo isso, ainda sou chamada de fresca!Nem minhas amigas concordam comigo, a maioria acha isso tudo normal. Sabe as vezes eu até prefiro não conhecer ninguém, pq to sem paciência de ficar fingindo que não ligo se vai dar ou não em alguma coisa. Tenho pressa, to anciosa e para completar não consigo esquecer o falecido!rsrs.
Já apelei até para sites de relacionamentos e nada, todos os caras lá, só querem "pegar" mulher também!
Amiga, não sei não, esse 2010 tá muito estranho pra mim!rsrs.
Mas vamos ter fé que vai melhorar né?!
Bjão.

Jeanne disse...

Paula, ficou muito engraçado o final do teu post,rsrsrs...
sei que não tem graça nenhuma pra ti, mas ficou,rsrsrs...
vou esperar o porão amanhã,rsrsrs
Paula, aquele velho "o que é teu tá guardado" continua valendo.
É que na tua idade tens pressa, e entendo tua pressa, és jovem e a vida passa rápido.
Enquanto o principe não chega porque não experimentar uns sapinhos? não no sentido de só ficar, mas tentar algum relacionamento? No meu tempo era diferente, mas a gente sempre teve que "ïr à luta" como se dizia, e mesmo naquele tempo, algumas casaram mais tarde...
Enfim, tudo a seu tempo e hora.
Concordo totalmente com tua postura, podes ter certeza de que não vais te arrepender.
Beijos

Cafofo da Fran disse...

Oi Flor
passando pra deixar um OI
Bjus

Chica disse...

Paulinha, tens raZÃO...O QUE VEMOS É ISSO MESMO,INFELIZMENTE.Uma pena,né? Tem que entrar e estar sempre com um pé atrás...E com isso, perdem muito!beijos,tudo de bom,chica

Luci Cardinelli disse...

Acho que você está certa em se preservar, também não gosto das relações como estão hoje. Ficar por ficar para mim não está com nada, melhor ficar só.

Sobre o móbile são sim para vender. R$15,00

beijos e ótimo dia

Barbie Girl disse...

Paula querida!

Continue a ser do jeito que é, disposta a 'AMAR', pois esse sentimento pode estar banalizado por alguns, mas vai por mim, ainda tem gente que ama de verdade e quer amar outra pessoa na mesma intensidade que sente esse amor.
Não se importe porque o tal príncipe ainda não apareceu, pois se até agora, você não ingressou em um relacionamento sério e legal, é porque não apareceu o cara certo e porque Deus te reserva algo muito melhor!

beijos no coração!

Barbie Girl disse...

Ahh, quanto aos cisos, vou tirar os pontos hoje!

beijos

Simone Scharamm disse...

Oi, Paulinha,
Sei o quanto é difícil essa fase. Parece que nunca vai acontecer uma coisa boa, não é? Quando eu me separei, tinha pressa de encontrar alguém legal, que gostasse de mim e me valorizasse, saía 3 vezes por semana e nunca aparecia ninguém que valesse a pena...todo mundo me dizia que eu nunca encontraria ninguém nas baladas e eu duvidava disso. Depois, eu me cansei. Parei de sair tanto, resolvi investir nos estudos, deixei de procurar...conheci o meu marido, que estava tão pertinho e eu não enxergava. Sou muito feliz agora e desejo o mesmo pra você! Confie, que o seu amor vai chegar!
Beijos!

Ly Mello disse...

Oi querida, a verdade, é que sempre tem um pé cansado pra um chinelo velho!
Eu que sempre achei que nunca fosse encontrar alguém que me fizesse feliz, hoje estou ao lado de alguém maravilhoso, e tenho certeza de que logo logo, vc vai encontrar a sua metade tb!

Quanto ao layout de 3 colunas, eu sempre quis ter, mas nunca soube como fazer. Sóq ue agora o próprio blog disponibiliza nesse designs novos. Dá uma olhada, é rapidinho, e tem vários modelos que vc pode escolher.

Beijocas e um excelnte final de semana!

*Ü*

Bárbara Rezende disse...

OI QUERIDA ESTOU DE VOLTA E ENCONTRO VC MELANCÓLICA COM ESSA VIDA LOUCA QUE LEVAMOS!!!

AMIGA NÃO FAÇA AQUILO QUE NÃO QUEIRA POR QUE TODO MUNDO FAZ!!! VOCÊ TEM SUA PERSONALIDADE, SEUS PRINCÍPIOS E COM CERTEZA UM DIA ALGUEM VERÁ SUAS QUALIDADES E VOCÊ AINDA VAI RIR DISSO TUDO, PODE TER CERTEZA!!!

ESTOU TE ESPERANDO NO MEU CANTINHO!!!

BJKS

http://barbirezende.blogspot.com